É verdade que beber água do mar pode matar?

Sim, é verdade. A água do mar não só faz mal, como mata. Segundo os especilistas, o grande problema é a quantidade exagerada de sais, principalmente cloreto de sódio (o sal de cozinha),.

No nosso corpo, apenas 0,9% do nosso sangue é composto por sais, enquanto na água do mar a concentração é de aproximadamente 4%.

Se uma pessoa mata a sede bebendo essa água supersalgada, seu intestino recebe uma quantidade de sal muito maior do que a que existe no sangue que circula pelos vasinhos da parede do tubo digestivo.

A consequência disso é que acontece a desidratação, que, para piorar, faz com que o corpo peça mais água. O problema é que a água que pode fazer a concentração do sangue voltar ao normal é a água pura (ou o soro fisiológico, que tem a mesma concentração de sal que o plasma) e não a salgada, que só piora o problema.

E a situação só piora. Para complicar, alguns sais, principalmente o magnésio, irritam a mucosa do intestino, que já está repleto de água. Com isso é diarréia na certa! Esse processo é desencadeado por qualquer quantidade de água do mar ingerida, mas, claro, quanto maior o volume, maior o efeito.

Portanto, se você beber um golinho de água enquanto nada no mar, você não vai morrer, mas vários goles podem colocar sua vida em risco, então evite ao máximo esse tipo de ingestão. Informações da Revista Mundo Estranho.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook