Portal 6

Banco do Brasil reestrutura vice-presidências e diretorias

O Conselho de Administração do Banco do Brasil (BB) aprovou hoje (6) a unificação e a criação de vice-presidências e diretorias. Em comunicado, a instituição informou que as mudanças vão melhorar a eficiência e a produtividade do banco, ao estimular a contribuição entre serviços semelhantes.

De acordo com o BB, as mudanças não acarretarão aumento de despesas, demissão de funcionários nem alterações nas metas de eficiência operacional previstas para o período 2015-2019. Segundo a instituição, a unificação de áreas convergentes será compensada pela criação de diretorias e vice-presidências.

A principal medida foi a unificação da Vice-Presidência de Varejo, Distribuição e Operações, que supervisionava os funcionários, com a Vice-Presidência de Gestão de Pessoas e Desenvolvimento Sustentável, que cuidava de medidas de aperfeiçoamento do quadro. Rebatizado de Vice-Presidência de Distribuição de Varejo e Gestão de Pessoas, o cargo será assumido por Paulo Ricci, até agora vice-presidente de Varejo, Distribuição e Operações.

O Banco do Brasil criou também uma vice-presidência específica para projetos de infraestrutura, que abrangerá as concessões de estradas, portos, aeroportos e ferrovias e a modernização de aeroportos regionais. A Vice-Presidência de Serviços e Infraestrutura será assumida pelo ex-ministro dos Transportes César Borges, que volta ao banco. De maio de 2012 a abril de 2013, Borges foi vice-presidente de Governo do BB.

Segundo o banco, a nova vice-presidência é necessária para coordenar os negócios estratégicos relacionados aos grandes projetos de infraestrutura que surgem com o êxito dos modelos de concessão.

As diretorias de Marketing e Comunicação e de Estratégia e Organização foram unificadas na Diretoria de Estratégia da Marca, a ser assumida por Luis Aniceto. Paralelamente, foi criada a Diretoria de Negócios Digitais, que ficará a cargo de Marco Mastroeni.

As funções da Diretoria de Seguros, Previdência Aberta e Capitalização foram absorvidas pela BB Seguridade, subsidiária do banco encarregada do setor de seguros. A Unidade de Contadoria foi transformada em diretoria, a ser assumida por Eduardo César Pasa. De acordo com o banco, a mudança aprimorará o processo de governança corporativa.

A Unidade de Desenvolvimento Sustentável foi reestruturada na Unidade de Negócios Sociais, que centralizará a gestão de projetos vinculados à inclusão financeira, como Microcrédito Produtivo Orientado, Crédito Acessibilidade e Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O setor passará a ser subordinado à Vice-Presidência de Agronegócios e de Micro e Pequenas Empresas.

Agência Brasil

Quer comentar?

Comentários

Comente

Nosso Facebook





Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.