Portal 6

Anápolis sofre com a chuva. Prefeitura alega que infraestrutura da cidade é antiga

(Foto: Reprodução)

Anápolis tem passado por dias de tempestades, sem trocadilhos. O volume de chuva desde o início de abril tem sido grande, provocando inúmeras inundações e alagamentos das principais vias da cidade, como as avenidas Barsil Norte, Universitária, Mato Grosso, Contorno, Pedro Ludovico e José Sarney.

As inundaçãoes e alagamentos nesses locais, segundo o secretário municipal de Obras, Serviços Urbanos e Habitação, Leonardo Viana, ocorrem porque a infraestrura da cidade é antiga e não comporta a quantidade de água que entra pelas galerias pluviais. Mas explica que algumas obras tem sido realizadas para diminuir os problemas enfrentados pela população.

Na Av. Brasil Norte e JK, dentro do planejamento do Projeto de Modalidade Urbana, haverá, de acordo com Leonardo, pontos de drenagem.

Na Av. José Sarney está sendo construída uma bacia de amortecimento, no valor de 25 milhões, para armazenamento temporário das águas das chuvas.Outra obra importante, segundo o secretário, é a construção de um grande bueiro dentro das obras de restauração do Central Parque, cortado pelo Córrego das Antas, no bairro Nações Unidas.

Na Av. Universitária e Rua 2 (Vila Isabel) serão construídas um nova galeria de água pluvial.

Centro

Por enquanto, o secretário não soube precisar o que seré feito no maior ponto de alagamento da cidade, que é a Av. Contorno na altura do Ginásio Nilton de Farioas, Brasil Park Shopping e Rodoviária.

Ele, porém, estima que até o ano que vem a Saneago iniciará a modernização de toda a rede de esgoto do centro e que a prefeitura pode atuar junto com o órgão para aumentar o número de bueiros na região.

Mais chuva

Até quinta-feira (16) as pancadas de chuva no final de tarde e à noite serão recorrentes e a temperatura não ultrapassará a marca de 28º C.

Fonte: Clima Tempo
Fonte: Clima Tempo

Quer comentar?

Comentários

Comente

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.