Portal 6

Professora da PUC Goiás morta em perseguição policial é enterrada em Goiânia

Foi enterrada agora à tarde, no cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia, a psicíloga e professora Juliana Soares Dias, de 32 anos, que morreu após seu carro ser atingido durante uma perseguição policial que tentava capturar dois suspeitos de um assaltpo na Av. Perimetral com Goiás, no Setor Norte Ferroviário.

O acidente ocorreu quando Juliana voltava da ALFA, onde trabalhava, por volta das 22h. Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada para o Hospital de Urgências de Goiânia, mas não resistiu e morreu durante a madrugada.

Juliana também era professora da PUC Goiás, juntamente com a mãe Agda Ferreira Soares Dias, no curso de psicologia, que teve as aulas suspensas nesta quinta-feira.

Acidente

Segundo a Polícia Militar, os dois suspeitos de assalto estavam sendo perseguidos por uma viatura na Avenida Goiás Norte, no Setor Norte Ferroviário, quando o condutor do veículo furou o sinal vermelho, invadiu a pista contrária e colidiu contra o carro de Juliana.

Os dois suspeitos sofreram apenas ferimenos leves, de acordo com a PM.

Quer comentar?

Comentários

Comente

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.