Portal 6

A Rede Sustentabilidade em Anápolis

A Rede Sustentabilidade é fruto de um movimento aberto, autônomo e suprapartidário que reúne brasileiros decididos a reinventar o futuro do país. É uma associação de cidadãos e cidadãs dispostos a contribuir de forma voluntária e colaborativa para aprofundar a democracia no Brasil e superar o monopólio partidário da representação política institucional. A efetiva participação de brasileiros e brasileiras nos processos decisórios é condição fundamental para a promoção do desenvolvimento justo e sustentável. Aberta ao diálogo e construída com a participação direta de seus integrantes, a Rede Sustentabilidade é um espaço de mobilização e inovação, no qual floresce uma nova cultura política. Uma legenda capaz de abrigar candidaturas de cidadãos que não façam parte de seus quadros, mas que compartilhem de seus ideais, comprometida com a transparência de seus processos internos e empenhada na renovação de suas lideranças.

Essa é a síntese do que é a Rede Sustentabilidade, e, na cidade de Anápolis, não deve ser diferente. Nesta terça-feira (22), a Rede Sustentabilidade se tornou um partido político de fato, mas o interessante é que a Rede se propõe a ser um partido “não partido”, um partido que foge da lógica tradicional das velhas estruturas partidárias que agem essencialmente na luta do “poder pelo poder”, e por isso muitas vezes passam por cima da ética e do compromisso com a sociedade.

Acreditamos que é possível colocar em prática uma “nova política” que seja mais democrática e inclusiva e de fato preocupada com a resolução dos problemas da sociedade. O que acontece hoje é que os políticos fazem de tudo para se eleger, e quando conseguem fazem de tudo para se reeleger ou eleger um substituto, ou seja, governam sem visão estratégica nenhuma pensando apenas nos benefícios eleitorais.

A Rede é um partido programático, que tem como base de todas as ações o seu programa e propostas; é um partido catalizador, pois é aberto a todas as pessoas sem preconceito; conectado, que enxerga as novas mídias como ferramentas de inovação na política; dinâmico, pois está sempre em movimento de ideias; congruente, pois é pertinente e coerente com seu programa, e finalmente; horizontal, onde todos os seus integrantes são os “nós” que compõem a rede, nenhum “nó” é mais importante que o outro. Na rede todas as discussões são feitas horizontalmente com todos, sem distinção.

O processo de construção da #Rede na cidade de Anápolis está agregando pessoas de todas as áreas da sociedade, que sonham com uma atualização na política, educação, saúde, segurança. Pensando nisso já está programado para que ainda nesse ano aconteça um grande seminário programático temático reunindo especialistas de diversas áreas, juntamente com a sociedade para discutirmos as deficiências da cidade e apontarmos possíveis soluções.

A #Rede não é um partido que viverá em prol das eleições, mas  ela quer estar presente dia a dia com a sociedade, apontando caminhos e contribuindo para a boa política.

No mês de Julho desse ano de 2015, Marina Silva esteve em Anápolis e na oportunidade comentou com os militantes da #Rede o que deve ser de fato a preocupação central do partido:

“A crise na política é que faz com que a gente esteja perdendo o que nós conquistamos a duras penas. Para mim, a experiência da Rede tem que ir além da contribuição. A eleição é um momento do processo político de um partido, mas não é o que explica a necessidade de um partido”, disse Marina.

É assim que acreditamos que podemos contribuir com Anápolis, apresentando propostas com a sociedade e fomentando o debate programático.

Ainda não há na cidade debates internos na #Rede sobre nomes para eleições, mas há discussões importantes acerca de programas e construção de ideias. Os nomes que representarão as propostas serão resultado das discussões dessas propostas.

Essa é a postura da Rede Sustentabilidade, essa é a postura que a sociedade cansada espera da nova política. A Rede está aberta para que todos os cidadãos de bem participem desse processo. Se você também deseja ser mais um “nó” nessa #Rede, e quer ajudar na construção de uma nova concepção política na cidade de Anápolis, entre em contato.  “Só existe o que se faz!” – Victor Hugo.

Paulo Victor Bragança é estudante de Comunicação Social e membro da Rede Sustentabilidade em Anápolis.

Quer comentar?

Comentários

Comente

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.