Portal 6

Notícia sobre bebê encontrado morto em parque de Anápolis é falsa

“Não procede. Estou no plantão desde às 08h da manhã e nenhum caso como esse chegou aqui”, disse categoricamente o plantonista Alan, do Instituto Médico Legal (IML) de Anápolis ao Portal 6 na noite desta quarta-feira (14). A mesma negação foi dada pela comunicação da Polícia Militar de Anápolis.

Nossa reportagem desde o início achou estranho a divulgação de uma foto que mostrava um suporto bebê morto, cheio de formiga deitado no chão. “Foi encontrado em um parque ambiental da cidade”, anunciou uma página no Facebook, que compartilha notícias policiais de Anápolis e região.

Os comentários e compartilhamentos logo pipocaram e a notícia falsa foi sendo repassada por diversos grupos do próprio Facebook e do WhatsApp.

“Quem é a filha da p. da mãe que tem coragem de fazer uma maldade dessa?”, indagou uma internauta indignada.

“Não tem nem qualifição uma égua que faz uma barbaridade dessa!!!”, esbravejou outra mulher igualmente revoltada.

Vários comentários que questionavam a maternidade e a índole da pessoa que deixou a criança naquelas condições foram feitos. Porém, poucos ressalvaram que a notícia poderia ser falsa.

A verdade

A foto divulgada na rede não é uma montagem, porém, o forjamento da informação como se o caso fosse de Anápolis, sim. Esse triste episódio realmente aconteceu, mas a milhares de quilômetros do Brasil. Foi na Rússia, mais precisamente na cidade de Chelyabinsk.

A informação, que chocou o mundo foi dada pelo tabloide inglês Daily Mail, no início do mês de julho.

De acordo com a publicação, a criança recém nascida foi encontrada abandonada e cheia de picadas de formigas por um homem que estava indo trabalhar e passou pela floresta para pegar um atalho quando se deparou com a cena da criança no chão. Ao perceber que ela estava viva, o trabalhador acionou a polícia, que prontaente a levou um hospital próximo.

Ainda segundo o tabloide, o bebê é uma menina e tinha, no momento em que foi encontrada, aparentemente três dias de idade e estava com o cordão umbilical.

Milagre

Os russos consideraram o caso um milagre, pois além de ser recém nascida, a criança foi atacada por insetos e estava totalmente desprotegida. O último posicionamento do hospital sobre o caso indicava que a menina estava se recuperando bem.

Na ocasião, a instituição divulgou uma foto para comprovar o estado de saúde do bebê.

Última informação conhecida pela imprensa dava conta de que a criança se recuperava bem no hospital. (Foto: Reprodução:  Daily Mail)
Última informação conhecida pela imprensa dava conta de que a criança se recuperava bem no hospital. (Foto: Reprodução: Daily Mail)

Quer comentar?

Comentários

Comente

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.