Portal 6

78% dos internautas rejeitam Horário de Verão em Goiás

Após uma semana do início do horário de verão, 78% dos internautas que participaram da enquete do Portal 6, encerrada neste sábado (24),  não concordam com a permanência da política de redução de consumo de energia a custa do sono do contribuinte.

Instituído no governo Sarney, na década de 1980, os habitantes de Goiás, Distrito Federal e mais dez estados do Brasil sofrem com o Horário de Verão.

A intenção do Governo Federal, em 2015, é conseguir uma redução média de 4,5% na demanda de energia no país no horário de maior consumo, com economia de 0,5% durante todo o período do horário de verão.

 

Requerimento não respondido

Em mais uma tentativa de retirar Goiás do mapa do Horário de Verão, o deputado Delegado Waldir  protocolou no último dia 15, um requerimento no Ministério de Minas e Energia.

No documento destinado ao ministro Eduardo Braga,  Waldir argumenta que Goiás está apresentando um consumo de energia bem abaixo da média projetada pela CELG para 2015. Outro ponto também apresentado foi  o índice de violência em Goiás, que aumenta nesse período, uma vez que a população é obrigada a sair de casa com o dia ainda escuro, ficando mais vulnerável à ação de bandidos.

Até o momento, o Ministério de Minas e Energia não respondeu o requerimento do deputado tucano.

Quer comentar?

Comentários

Comente

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.