Portal 6

Dos 17 deputados goianos no Congresso, apenas 4 rejeitam publicamente impeachment

A bancada de Goiás na Câmara dos Deputados deve contribuir com 13 votos para que o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff avance ao Senado Federal.

Dos quatro que dizem rejeitar o impeachment, apenas o petista Rubens Otoni é tido como voto seguro na conta do Planalto. É que os peemedebistas Daniel Vilela e Pedro Chaves podem optar por desembarcar no cais de Temer caso ele queira se tornar presidente.

Já Flávia Morais, que é do PDT, partido da base aliada do governo, é um voto difícil de mudar, mas não irreversível. O que pode fazer a deputada mudar de ideia – e de voto- é justamente o componente que muitos afirmam ser crucial em um processo político como esse: as ruas cheias.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.