Portal 6

Viva com energia e entusiasmo

Em muitos artigos que publico sobre depressão e relacionamento amoroso, apresento o problema, o drama vivido. Nesse artigo vou abordar o inverso, a necessidade de focar a vida pela positividade. Nesses anos como profissional, tenho visto que os pacientes que apresentam ponto de vista otimista tendem a superar com mais facilidade seus problemas emocionais. Parece óbvio, mas, quando se trata de pessoas depressivas, isso é extremamente difícil.

O primeiro aspecto é viver com energia. Por mais difícil que seja para alguém que está triste e desanimado, viver com energia é fundamental. Isso serve a todos. Agir energeticamente nas ações cotidianas facilita o desenvolvimento das tarefas e o alcance dos resultados que delas se esperam. Quando se age com pessimismo ou se deixa levar pela baixa energia, tudo que acontece é como um fardo. Quando se age com otimismo, entusiasmo, mesmo os acontecimentos ruins são levados de maneira leve, com foco nos objetivos a serem alcançados.

Viver com entusiasmo contagia as pessoas ao redor. E isso traz novos desafios, pois os outros, além de ajudarem irão propor novos projetos. Com o tempo forma-se um círculo virtuoso possibilitando crescimento pessoal, profissional, financeiro e de satisfação. Em geral as pessoas gostam de relacionar-se com quem está entusiasmado. Prepare-se para estar rodeados de pessoas.

Nos relacionamentos amorosos, a energia é tudo. O contato, o olhar, a companhia, a carícia de um parceiro contam muito quando vividos com energia. Transmitem segurança, tesão, vontade de estar junto. São como um imã, que facilita a confiança. Expor seus planos ao outro com entusiasmo funciona como um convite para experimentar a sua visão, faz com que o outro se sinta incluído na sua vida.

Na depressão, a energia é um catalizador para sair do processo depressivo. Apressa as ações junto a sua rede de relações e, com isso, constrói um futuro que irá lhe puxar para a vida. Caso o depressivo não consiga estar energizado, que as pessoas ao seu redor apresentem essa característica para ajudá-lo a dar os primeiros passos.

Flavio Melo Ribeiro é psicológo e blogueiro. Escreve todas as terças-feiras.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.