Portal 6

Centro de Convenções de Anápolis tem obras retomadas

O governador Marconi Perillo anunciou na manhã desta sexta-feira (29) a retomada das obras do Centro de Convenções de Anápolis. Com 75% da obra física executada, a previsão é de que o espaço fique pronto ainda este ano. “Essa obra vai transformar Anápolis num grande destino para a realização de feiras e eventos. Além de referência para o Brasil Central, será um importante centro para a movimentação econômica da cidade”, afirmou o governador.

Estrutura

Com uma estrutura de 32,8 mil metros quadrados – o equivalente a quase oito campos de futebol -,  o espaço de eventos tem numa localização privilegiada e de fácil acesso: em frente ao viaduto do Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia), na BR-153. A capacidade é de 3.350 pessoas simultaneamente em seus auditórios, além de dois estacionamentos com mil vagas, restaurante panorâmico, teatro de arena e dependências para apresentação de espetáculos musicais.

Agradecimento

O prefeito de Anápolis, João Gomes, agradeceu o governador pela retomada da obra e “pelo carinho e a maneira cordial como sempre tratou Anápolis”. “Ele sempre olhou para Anápolis como quem gosta desta cidade. Tivemos um ano de 2015 difícil. Agora estamos começando o ano com motivação. O governador é homem de coragem. Ele mostrou nestes quase 30 anos de mandatos que gosta de Anápolis”, afirmou.

. (Foto: Divulgação)
Prefeito João Gomes, agradeceu o governador pela retomada da obra. (Foto: Wildes Barbosa)

João Gomes disse que, enquanto prefeito e vice-prefeito, teve uma relação muito próxima com Marconi, o que contribuiu para o andamento de obras na cidade por meio de parceria. “Ele sempre ajudou nosso governo à frente da prefeitura desde 2009. Começamos 2016, ainda que com dificuldades de caixa. Mas, mesmo assim, vamos retomar esta obra. Há mais de 20 anos Anápolis sonha com o Centro de Convenções. Agora começamos a enxergar como realidade”, frisou.

João Gomes destacou que, por meio de uma parceria com o Estado, Anápolis também vislumbra a construção de um novo distrito agroindustrial: “Temos já uma terceira opção. O Governo do Estado vai entrar com incentivos. Anápolis tem perdido receita pela falta de lotes em distrito industrial. Nossa arrecadação em 2015 foi menor do que em 2012, no que diz respeito a ICMS. Essa história vai ser virada porque o governador está do nosso lado. Anápolis se prepara para ser a vanguardeira do desenvolvimento do Estado.”

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook





Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.