Jovem encontrado morto em lago do Parque da Cidade pode ter sido assassinado

O caso do adolescente Igor Gabriel, de 19 anos, encontrado morto no lago do Parque da Cidade, no dia 26 de janeiro, está longe de ser encerrado. A polícia começou a ouvir os envolvidos no caso e deve apresentar um parecer em breve, mas informações preliminares podem fazer com que uma nova linha de investigação seja apresentada.

Em entrevista ao Jornal Tribuna de Anápolis, os pais do garoto, Gidásio dos Santos  e Marta Gomes do Santos, disseram que Igor teria apresentado um comportamento diferente no dia do possível acidente, pois Igor foi procurado por algumas pessoas que eles conheciam só de vista. Além disso, a mãe do rapaz relatou que achou estranha a versão apresentado de que o filho teria passado mal e caído no lago, já que ele tomava as medicações diariamente e não apresentava nenhuma crise a pelo menos 3 meses.

Corpo foi encontrado no lago do Parque da Cidade. (Foto: Reprodução)

Outro fato que levanta suspeitas em relação à morte do jovem, é que o aspirante do Corpo de Bombeiros, que atendeu a ocorrência, relatou que o local onde o corpo foi encontrado não teria profundidade suficiente para encobrir o rapaz. Portanto, também seria muito estranho ele ter se afogado em condições normais.

A Polícia Civil confirmou que o caso está sendo investigado como “afogamento”, mas afirma que é prematuro fazer qualquer constatação. Segundo os investigadores, cinco dos jovens que estavam com Igor naquele dia já foram identificados e serão ouvidos em breve.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

loading...