“Surtei”, diz homem que furtou ambulância em Anápolis

O caso do homem que depois de acidentado ainda furtou uma ambulância, nas proximidades de Anápolis, na última terça-feira (29), repercute nacionalmente.

Renato Garcia Alcântara, de 25 anos, após capotar com o carro da avó na BR-153, estava sendo socorrido por um motorista de uma ambulância, que presenciou o acidente.  Inesperadamente, o homem driblou o funcionário e conseguiu fugir com o veículo.

Ao dirigir por quase 40 km pela rodovia, Renato foi alcançado pela Polícia Militar, que atirou no pneu. A pé, ele ainda tentou fugir pelo matagal, mas foi detido.

Em entrevista ao Bom Dia Goiás, da TV Anhanguera, Renato tentou se justificar.

“Peguei o carro e surtei. O cara da ambulância não queria me trazer [para o hospital], eu peguei a ambulância e vim embora”, disse.

Encaminhado para o 1º do Distrito Policial de Anápolis, Renato foi autuado por furto. Uma fiança no valor de R$ 880 foi estipulada, mas o rapaz afirma não ter condições financeiras para pagá-la e por isso ele permanece preso, à disposição do Judiciário.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

Rápidas

Danilo Boaventura

Danilo Boaventura

É a seção que publica informações exclusivas, de bastidores sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás

Dinheiro Nosso

Rodolfo Torres

Rodolfo Torres

É a seção que publica informações exclusivas, de economia sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás