Alego autoriza concurso para 3 mil novos policiais

A Assembleia Legislativa aprovou na última quinta-feira (21) projetos de lei que criam os cargos de Escrivão de Polícia Substituto e de Agente de Polícia Substituto na Polícia Civil e a graduação de Soldado de 3ª Classe na Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros de Goiás. Os novos cargos têm remuneração básica de R$ 1,5 mil, mas se somados a benefícios como gratificações e horas extras podem, inicialmente, ultrapassar R$ 3 mil.

Os projetos seguiram para sanção do governador Marconi Perillo e, tão logo sejam assinados, vão para a Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan) para que o órgão possa dar continuidade ao processo seletivo. De acordo com a Segplan, a Escola de Governo já deu início ao processo de concorrência para contratar empresa organizadora do certame, e o edital já está em fase de formatação. Caso não haja atraso no cronograma, as provas serão aplicadas em setembro próximo, com a homologação do concurso prevista para abril de 2017. Em seguida, os selecionados seguem para as respectivas academias, onde passarão por treinamentos.

Diálogo

O vice-governador e secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, José Eliton, destaca que desde o início da discussão sobre a realização do concurso público até o envio do projeto de lei à Assembleia Legislativa, o Governo de Goiás manteve diálogo permanente com representantes de entidades ligadas às polícias Militar e Civil. “Tudo foi amplamente discutido”, relata. José Eliton lembra que as decisões relativas ao processo seletivo partiram da força-tarefa de combate à violência, formada por representantes do Ministério Público Estadual, Poder Judiciário, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-GO) e Assembleia Legislativa, entre outros.

Após a divulgação do edital os interessados terão acesso a todos os detalhes do concurso, como quadro de vagas, conteúdo programático, datas para inscrição, realização das provas, recursos, formação e posse.

Novas vagas

Em audiência com o Governador Marconi Perillo, em março, o vice-governador José Eliton solicitou a realização de concursos públicos também para o Corpo de Bombeiros, Procon e para delegados da Polícia Civil. De acordo ele, o governador ouviu os vários representantes das forças de segurança pública e prometeu analisar a situação dessas instituições para, então, tomar uma decisão a respeito do assunto. José Eliton declarou que ainda houve uma solicitação por parte do comando do Corpo de Bombeiros para criação de 250 vagas.

Depois de autorizar a realização de concurso público para a contratação de 3.000 policiais, o governador voltou a se manifestar, posteriormente, para informar que está em planejamento outro concurso para a contratação de mais 2.000 policiais militares em 2018.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook