Venezuela prorroga fechamento de serviços públicos para poupar energia

O governo venezuelano anunciou hoje (10) que os serviços públicos vão continuar fechados às quartas, quintas e sextas-feiras até pelo menos 27 de maio, para poupar energia elétrica.

“A partir da próxima semana será prorrogado por mais duas semanas o regime especial de dias não trabalhados. A administração pública garantirá os serviços básicos ao povo”, disse o governador do estado venezuelano de Arágua.

O anúncio foi feito no Palácio de Miraflores, em Caracas, sede da Presidência da Venezuela. A administração pública funcionará apenas às segundas e terças-feiras e às sextas-feiras as escolas também permanecerão sem aulas.

A medida, acrescentou, tem como objetivo conter a queda do nível de água nas barragens, principalmente na de El Guri, a maior do país, fortemente afetada pela seca provocada pelo fenômeno meteorológico El Niño.

Em 26 de março deste ano, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou que os serviços públicos do país ficariam fechados às quartas, quintas e sextas-feiras, durante duas semanas, para poupar energia.

Maduro disse que a Venezuela está sendo afetada fortemente pelo calor e por uma seca extrema, que fez descer o nível das águas das barragens. “Temos tido dois anos de seca, os mais trágicos da história, resultado do [fenômeno climático] El Niño”, disse.

O presidente venezuelano informou que foi criada  uma comissão especial para discutir a situação e as medidas a serem adotadas.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook