Agências bancárias de Anápolis estão sendo enquadradas pelo MP para adequar acessibilidade

O Ministério Público de Anápolis instaurou nesta semana um procedimento administrativo para apurar as condições de acessibilidade das agências bancárias da cidade.

Responsável pela iniciativa, o promotor  de Justiça  requisitou dos bancos locais informações sobre a problemática e as medidas a serem adotadas para sanar as irregularidades.

O objetivo do procedimento é promover a adequação das instalações, do mobiliário e até do pessoal para que prestem atendimento adequado consoante os estatutos do Idoso da Pessoa com Deficiência.

Previamente, o MP de Anápolis aponta a falta de elevadores de acesso a pavimentos superiores das agências bancárias, fato que tem obrigado os cidadãos anapolinos com dificuldade de locomoção a utilizar as escadas, muitas vezes estreitas e desprovidas em itens de segurança, o que coloca em risco a integridade física deles.

Com informações do MPGO

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook