Teste anti-droga passa a ser requisito para renovar CNH em Goiás

O que já era uma obrigação em quase todos os estados do país passa agora vigorar em Goiás: conforme decisão da Justiça Federal, para renovar ou trocar  a categoria (C, D e E) da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) será necessário fazer o exame toxicológico, que comprova ou não se o condutor fez uso de drogas nos últimos três meses.

A exigência, prevista no artigo 148 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), entrou em vigor em março e não sairá de graça. Os laboratórios credenciados no estado cobram em média R$350, 00 para fazer o exame, que está sendo a primeira coisa pedida pelo Detran-GO para iniciar o processo.

Em caso de reprovação no exame toxicológico, o condutor não somente não poderá trocar de categoria como perderá por pelo menos três meses o direito de dirigir.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

Rápidas

Danilo Boaventura

Danilo Boaventura

É a seção que publica informações exclusivas, de bastidores sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás

Dinheiro Nosso

Rodolfo Torres

Rodolfo Torres

É a seção que publica informações exclusivas, de economia sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás