Portal 6

40 toneladas de feijão irregular são apreendidas no Norte de Goiás

Ação conjunta entre fiscais da Delegacia Regional de Goianésia e de Porangatu apreenderam uma carga de feijão sendo transportada irregularmente. A nota fiscal informava que a carga provinha de Unaí (Minas Gerais), quando na realidade a origem era um cerealista de Goianésia (Goiás). O bitrem continha mais de 40 toneladas de feijão dos tipos Caupi e Preto, avaliados em R$ 241 mil, e R$ 29 mil de ICMS sonegado.

A carga foi identificada nesta quarta-feira, dia 22, em blitz no antigo posto fiscal Everlan Soares e conduzida para a Delegacia Fiscal de Porangatu, onde foi lavrado o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Com notas fiscais inidôneas, a mercadoria tinha previsão de destino o Amapá. A operação faz parte das ações do Comando Volante do Norte, que integra as delegacias de fiscalização de Goiás, Goianésia e Porangatu.

Sob coordenação do delegado de Porangatu, Josimar Rodrigues Duarte, as operações começaram em setembro do ano passado. “Estamos intensificando a fiscalização do trânsito de mercadorias com destino ao Norte do País e o esforço conjunto conseguiu barrar a sonegação de diversos produtos”, explicou Josimar. Para o delegado Fiscal de Goianésia, Luiz Antônio Granjeiro, o trabalho do “Comando do Norte” gera uma percepção de risco maior, compelindo o contribuinte a declarar corretamente.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.