Construtora responsável pelo Residencial Colorado diz que lentidão na obra é por causa de falta de pagamento

A Construtora Almeida Neves, responsável pela construção dos residenciais Colorado, Polocentro e São Cristóvão se manifestou a respeito do atraso na entrega das construções. Segundo Mauricio Neves, um dos proprietários da construtora, o atraso das obras se dá por causa da “Imprevisibilidade de recursos”.

Ainda de acordo com Mauricio, as obras não foram paralisadas totalmente e sim houve uma espécie de retardamento das mesmas, exatamente pela falta de pagamento por parte da Caixa Econômica Federal. O proprietário ainda fez questão de ressaltar que mais de 300 homens trabalham na construção dos Residenciais.

A boa notícia para 500 famílias que esperam o termino das obras do Residencial Colorado, é que uma negociação está em curso com o atual governo federal para regularizar a situação. Neves informou que uma proposta de negociação com a caixa foi realizada a cerca de 15 dias, e que agora a construtora espera o posicionamento do banco.

Situação das Obras

Conforme noticiado pelo Portal 6, as moradias já deveriam ter sido entregues. Porém, um conjunto de fatores atrasaram a entrega das casas. O Residencial Polocentro, por exemplo, atenderá 146 famílias e está com a construção 100% pronta. Contudo, por ter sido construído em uma região próxima a nascentes de água mineral, será preciso esperar a Saneago concluir um sistema de esgoto adequado para evitar a contaminação do solo.

Já o residencial Colorado I está com 88,68% da infraestrutura pronta e o Colorado II com apenas 80,50%. Já o São Cristóvão tem 97% das obras concluídas.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook