Homem que pediu emprego em semáforo de Anápolis é contratado por indústria do DAIA

A coragem de Deosmar Martins de Jesus de ir para às ruas de Anápolis com um cartaz pedindo emprego valeu a pena. Nesta terça-feira (05), ele foi contratado pelo Grupo Kelldrin, que tem indústria no DAIA, para trabalhar na função de serviços gerais.

Havia um ano e oito meses que Deosmar, de 49 anos, estava desempregado e a decisão de pedir trabalho no cruzamento da Avenida Goiás com a Brasil, no Centro, aconteceu porque ele não enxergava mais saída para a situação.

Deosmar decidiu pedir emprego na rua "porque bateu o desespero. (Foto: Reprodução)
Deosmar decidiu pedir emprego na rua “porque bateu o desespero”. (Foto: Reprodução)

“Tinha batido um desespero e aí botei a boca no trombone”, contou ele, que ressaltou estar muito feliz com a oportunidade de trabalhar na Kelldrin. “Agora vou providenciar os documentos [para entregar no RH]”, comemorou.

O caso de Deosmar repercutiu bastante entre os internautas nas redes sociais, que torceram para ele conseguir uma oportunidade. “Eu já postei no Facebook agradecendo o povão”, contou.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

Rápidas

Danilo Boaventura

Danilo Boaventura

É a seção que publica informações exclusivas, de bastidores sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás

Dinheiro Nosso

Rodolfo Torres

Rodolfo Torres

É a seção que publica informações exclusivas, de economia sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás