Promotor quer que cunhado de Ana Hickmann seja preso por matar fã

O promotor Francisco de Assis Santiago, que atua no 2º Tribunal do Júri do Fórum Lafayette, em Belo Horizonte, em Minas Gerais, deve encaminhar à Justiça, ainda nesta quinta-feira (07), um pedido de abertura de um processo pelo crime de homicídio contra Gustavo Correa, cunhado da apresentadora Ana Hickmann. As informações são do jornal Extra.

De acordo com a publicação, o posicionamento do promotor vai contra o entendimento da Polícia Civil de Minas Gerais de que o cunhado da apresentadora de televisão havia agido em legítima defesa ao matar Rodrigo Augusto de Pádua, de 30 anos, autor de um atentado contra a modelo.

“O delegado teve um posicionamento, e eu tive outro. Não acredito que houve legítima defesa”, afirmou o promotor de Justiça Francisco de Assis Santiago, que não explicou em que aspectos discordou do inquérito. Segundo ele, a denúncia seria concluída ontem e entregue hoje ao 2º Tribunal do Júri de Belo Horizonte. “Se a juíza receber a denúncia, a ação penal vai ser aberta”, disse.

A asssessoria de imprensa de Ana Hickmann informou que os familiares da apresentadora não irão se pronunciar sobre o caso, pois ainda não foram notificados pela Justiça.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook