Ministério Público denuncia 14 pessoas por queda de ciclovia no Rio

O Ministério Público (MP) denunciou hoje (12) 14 pessoas pela queda da ciclovia Tim Maia no dia 21 de abril, quando duas pessoas morreram. Parte da ciclovia desmoronou ao ser atingida por uma forte onda, provocando a morte de Ronaldo Severino da Silva e de Eduardo Marinho Albuquerque, que passavam pelo local no momento da queda.

MP denunciou por homicídio culposo integrantes das empresas que construíram a ciclovia ou que deveriam fiscalizar a obra, incluindo funcionários da Geo-Rio, Contemat-Concrejato e Engemold.

Foram denunciados pelo MP Marcus Bergman, Juliano de Lima, Geraldo Baptista Filho, Fabio Lessa Rigueira, Elcio Romão Ribeiro, Ernesto Ferreira Mejido, Fabio Soares de Lima, Marcello José Ferreira de Carvalho, Ioannis Saliveiros Neto, Jorge Alberto Schneider, Fabricio Rocha Souza, Claudio Gomes de Castilho Ribeiro, Luiz Edmundo Andrade Pereira e Nei Araújo Lima.

Segundo o Ministério Público, os denunciados tiveram ações negligentes ou imperitas que resultaram nas mortes das duas vítimas.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

Rápidas

Danilo Boaventura

Danilo Boaventura

É a seção que publica informações exclusivas, de bastidores sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás

Dinheiro Nosso

Rodolfo Torres

Rodolfo Torres

É a seção que publica informações exclusivas, de economia sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás

Deniza Zucchetti

Deniza Zucchetti

É professora por vocação, quase RI, escritora por amor nas horas vagas e mãe em período integral

Bruno Rodrigues Ferreira

Bruno Rodrigues Ferreira

É jornalista, psicólogo e especialista em Tecnologia e Educação e Gestão em Saúde