Bebês nascem com 5 vezes mais neurônios do que terão quando adultos

Você sabia que nós nascemos com muito mais neurônios do que possuímos quando chegamos à vida adulta? Pesquisas atuais indicam que um bebê nasce com aproximadamente 100 bilhões de neurônios que, na vida adulta, se transformam, em média, em 20 bilhões.

Mas o que ocorre com os outros 80 bilhões?

Desde a fase fetal, o bebê estabelece conexões entre os neurônios, as sinapses. As células neurais que não são estimuladas morrem. Assim, ao nascer temos condições de estabelecer muitas conexões, muito além do que teremos de fato realizado na vida adulta.

Veja algumas curiosidades:

– A partir dos 18 dias de gestação, o cérebro começa a desenvolver as células do sistema nervoso, os neurônios.
– Na 30a semana de gestação o cérebro está desenvolvido.
– Um neurônio – dependendo de qual tipo – pode estabelecer de 1 a 100 mil conexões. Em média, um neurônio estabelece 10 mil conexões.
– Um bebê gasta 65% do insumo de energia no desenvolvimento cerebral.
– O peso do cérebro de um bebê ao nascer é de aproximadamente 750 gramas, quase 25% do seu peso.

Saber que um bebê nasce com um grande potencial de desenvolvimento nos leva a considerar a necessidade de estimulação, cantar, conversar com eles, ler, mostrar diferentes imagens, possibilitar diferentes experiências para que haja estabelecimento de conexões em quantidade e qualidade. Mas, não se pode ignorar o cuidado para que tanto estímulo, de diferentes naturezas e quantidades não se torne algo estressante e desgastante. É importante estimular os bebês, mas o equilíbrio é fundamental.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

Rápidas

Danilo Boaventura

Danilo Boaventura

É a seção que publica informações exclusivas, de bastidores sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás

Dinheiro Nosso

Rodolfo Torres

Rodolfo Torres

É a seção que publica informações exclusivas, de economia sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás