Portal 6

Em entrevista ao The Sun, Marina Joyce fala sobre suposto sequestro pelo ISIS

(Foto: Reprodução)

Assunto de primeira ordem nas redes em todo o mundo desde ontem (26), o suposto sequestro da youtuber Marina Joyce ainda está rendendo na imprensa. O site do tabloide The Sun conseguiu entrevistar a vlogueira de 19 anos e tirou dela uma explicação para a polêmica que girou em torno de seu nome.

Primeiramente, Marina Joyce disse que está tocada com o sentimento de preocupação que os fãs tiveram com ela. “As pessoas realmente se importam comigo”, comentou.

Ela disse ao The Sun que só soube da hastag que explodiu nos trending tópics do Twitter quando acordou pela manhã.

“Eu só acordei de manhã e a hashtag#SaveMarinaJoyce estava bombando em todos os lugares. Foi incrível o que os fãs fizeram. Eles ajudaram muito o meu canal agora”, comemorou.

Sobre o boato de que estaria em cárcere privado ou em poder de radicais do Estado Islâmico, o ISIS, a garota negou tudo. “Eu estou realmente bem. Não há terroristas ISIS aqui”, ressaltou.

Os fãs da youtuber só ficaram mais tranquilos a partir do twitter da Polícia de Londres, que enviou uma viatura ao apartamento de Marina Joyce para ver se ela estaria lá.

Marina agora disse que só tem “amor” para os fãs, que mesmo de longe se preocupam com a integridade dela.

“Eu amo que meus fãs cuidem tanto de mim. Por causa deles eu nunca estarei em perigo. Todos eles só querem o meu bem”, acrescentou.

Quer comentar?

Comentários