Portal 6

Contra vontade de diretório local, Daniel Vilela garante PMDB em chapa de João Gomes

(Foto: Reprodução)

Foi selado neste sábado (30) entre o presidente estadual do PMDB, Daniel Vilela, e o prefeito João Gomes (PT), uma aliança contra a vontade do diretório municipal da sigla que o PT considera golpista.

O anúncio do apoio foi registrado por Daniel Vilela e postado na página dele no Facebook. Como reação, correligionários de Anápolis evidenciaram a contrariedade da decisão logo abaixo nos comentários.

Sírio Miguel, ex-vereador e pré-candidato ao mesmo cargo pelo partido, foi um deles.

“Decisão essa a revelia de 100 % de nossos candidatos a vereador e mais de 98 % do Diretório Municipal do PMDB de Anápolis. É preciso essa ressalva. Mas principalmente contra tudo o que o Sr. e a Executiva Estadual haviam se comprometido aqui em Anápolis por diversas vezes e diante de inúmeras pessoas”, expôs.

Em tempo

Daniel Vilela votou a favor da abertura do processo de impeachment de Dilma Rousseff. Na ocasião, o deputado federal disse que havia indícios de que a petista cometeu crime de responsabilidade fiscal. Rubens Otoni (PT), colega dele na Câmara, votou contra e qualificou o afastamento da presidente como “um golpe na democracia e nos trabalhadores e pobres do Brasil”.

Com o PMDB, João Gomes terá o maior tempo de televisão entre todos os candidatos que disputam a Prefeitura de Anápolis.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.