Marido mata esposa após ler mensagens do WhatsApp dela, em Goiânia

(Foto: Reprodução/ Mais Goiás)

Um homem de 37 anos foi preso na manhã desta terça-feira (09), em Goiânia, após a Polícia receber denúncias de que ele estaria mostrando a foto de uma mulher seminua e morta para frequentadores de um bar. O crime aconteceu no último domingo (07).

Segundo a Polícia Civil, Nestor Camargo, de 37 anos, confessou o crime e indicou onde estaria o corpo de sua esposa, Josefa Andrade Caremo da Silva, de 58 anos.

“Ele disse que pegou uma conversa no WhatsApp da companheira com um outro homem na semana passada e que quando estava ‘transando’ com ela, no domingo, perguntou quem era. Josefa então, ainda segundo ele, teria dito que fazia o que quisesse com o corpo dela, ocasião em que ele a esganou até a morte”, relatou, ao Mais Goiás, o delegado Paulo Ribeiro, adjunto Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH).

Nestor já havia sido denunciado outras três vezes por violência doméstica. Autuado ainda em flagrante, ele responderá por homicídio qualificado, crime que tem pena de reclusão prevista de 12 a 30 anos.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook