Ingerir líquidos durante as refeições faz mal?

O que você põe sobre a mesa durante as refeições da família? Caixas de suco ou garrafas de refrigerante completam a lista junto à comida, aos pratos, talheres e guardanapos? É… chegou a hora de rever esse hábito. Beber durante as refeições é um mal que atinge a família inteira. E sabe por quê? Porque o líquido prejudica o apetite!

Para ficar mais claro, vamos pensar nos mecanismos que despertam a fome. Quando a glicemia (nível de açúcar no sangue) cair, seu filho sentirá vontade de comer. Se a criança estiver com o estômago vazio, aumentará seu apetite. Com isso, chegou a hora de alimentar a criança! Depois de comer, o nível glicêmico do organismo sobe, o estômago se distende e, assim, vem a satisfação. E o que muda nesse mecanismo se, antes de começar a se alimentar, a criança beber um copo de suco, por exemplo? O líquido ingerido ocupará o lugar do alimento no estômago, ativando o metabolismo para agir da mesma forma como se tivesse recebendo comida: a criança sentir-se-á satisfeita e não terá vontade de comer!

E mais, beber líquido nas refeições pode representar um risco à saúde de seu filho! Nutricionistas da agência do Departamento de Saúde da Grã-Bretanha, Public Health England, alertam para o aumento dos índices de obesidade infantil: crianças ingerem bebidas muito açucaradas, calóricas e sem valor nutricional significativo, deixando de lado os alimentos que teriam importância. Os riscos não param por aí: o exagero nesse consumo pode elevar, ainda, o risco de diabetes tipo 2, além de problemas cardíacos a longo prazo.

Outro grande vilão da perda de apetite é o refrigerante! Por ser gaseificada, essa bebida expande o estômago muito mais, e, consequentemente, a sensação de satisfação é bem maior.

Por todos esses motivos, se sua família tem o hábito de ingerir líquido antes e durante as refeições, seria interessante repensá-lo e mudá-lo. O mais acertado é beber qualquer tipo de líquido após as refeições. Dê preferência, sempre, para a água ou sucos naturais (os sucos de frutas “ácidas”, como da laranja, por exemplo, podem ajudar na absorção do ferro).

E fique atento para o fato de que você é o exemplo para seu filho! Assim, para que ele entenda essa regra e a cumpra será necessário que você também fique longe dos líquidos durante as refeições. É uma atitude totalmente positiva!

É importante esclarecer, todavia, que, muito embora sejam contraindicados durante as refeições, os líquidos são essenciais para o seu filho. As crianças se desidratam muito facilmente, sendo importantíssimo oferecer-lhes bebidas nos intervalos das refeições. Essa postura fará com que elas não sintam tanta sede ao almoçar e ao jantar.

Mudanças não são fáceis e, muitas vezes, por comodidade, acabamos deixando de lado tais hábitos em detrimento de nossa própria saúde. Mas, os pais são o modelo que os filhos inevitavelmente vão seguir e, nesse caso, devem ser exemplares! Fica a dica!

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

Rápidas

Danilo Boaventura

Danilo Boaventura

É a seção que publica informações exclusivas, de bastidores sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás

Dinheiro Nosso

Rodolfo Torres

Rodolfo Torres

É a seção que publica informações exclusivas, de economia sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás

Deniza Zucchetti

Deniza Zucchetti

É professora por vocação, quase RI, escritora por amor nas horas vagas e mãe em período integral

Bruno Rodrigues Ferreira

Bruno Rodrigues Ferreira

É jornalista, psicólogo e especialista em Tecnologia e Educação e Gestão em Saúde