Referência em transplantes, Brasil fez 12 mil cirurgias no primeiro trimestre

A professora Érica Couto, de 36 anos, lembra o dia em que recebeu um telefonema do hospital: a notícia? Era o agendamento do transplante. Quatro meses antes ela havia entrado na fila para receber uma córnea.

O Brasil é referência mundial em transplantes. Em todo o país, foram realizados mais de 12 mil transplantes no primeiro trimestre deste ano.

Noventa por cento dos procedimentos foram realizados na rede pública, um dado positivo para a médica e diretora da Central de Notificação de Captação, Daniela Salomão.

Em Brasília, a central de notificações funciona no Hospital de Base, mas o recolhimento do órgão pode ser feito tanto em hospitais públicos quanto privados.

O interessado precisa, apenas, que a família concorde. Após a autorização, os dados são inseridos no sistema do Ministério da Saúde, que gera a lista de pacientes.

A preferência é para um paciente do estado, mas se não houver candidato apto, o órgão é enviado para outra unidade da federação.

Daniela Salomão ressalta a importância do apoio da Força Aérea Brasileira (FAB), no transporte do órgão.

Para ser doador não é necessário deixar nada por escrito. Basta avisar aos familiares o desejo da doação.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

Rápidas

Danilo Boaventura

Danilo Boaventura

É a seção que publica informações exclusivas, de bastidores sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás

Contas Abertas

Rodolfo Torres

Rodolfo Torres

É a seção que publica informações exclusivas, de economia sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás

Deniza Zucchetti

Deniza Zucchetti

É professora por vocação, quase RI, escritora por amor nas horas vagas e mãe em período integral

Bruno Rodrigues Ferreira

Bruno Rodrigues Ferreira

É jornalista, psicólogo e especialista em Tecnologia e Educação e Gestão em Saúde