Atlético-GO x Tupi ao vivo – Veja onde assistir

O Atlético-GO entra em campo às 19h30 diante do Tupi podendo sagrar-se campeão brasileiro da série B pela primeira vez na sua história. Para isso, basta vencer a partida. Em caso de derrota de Vasco e Bahia, o Dragão pode sair de campo com o título mesmo sem a vitória. Mas o objetivo da equipe é presentear a torcida, que esgotou os ingressos para o confronto, com a vitória e o consequente título nacional.

O Atlético terá dois importantes desfalques para o possível jogo do título: Pedro Bambu e Junior Viçosa, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Para os respectivos lugares, Marcelo Cabo tem uma verdadeira dor de cabeça.

Pedro Bambu tem como opções mais prováveis Bruno Barra e Silva. Já para o lugar do artilheiro rubro-negro na competição, Cabo pode escalar o atacante Alison ou até mesmo o predestinado Luiz Fernando, autor do tento da vitória sobre o Londrina que garantiu o Atlético na Série A de 2017.

Já o Tupi, vice-lanterna da competição nacional, tenta a todo custo fugir do rebaixamento. O Galo precisa fazer o que não conseguiu nenhuma vez na atual temporada: vencer três partidas consecutivas.

Para piorar, na reta decisiva a equipe mineira teve uma troca no comando técnico. Ricardinho pediu demissão do Tupi após ser derrotado pelo CRB, em casa, por 4 a 3. No seu lugar, quem assume é o auxiliar-técnico Júlio Cirico, que durante os treinamentos na semana focou o domínio da posse de bola, agressividade no setor ofensivo e atenção defensiva.

A partida tem início às 19h30 e terá transmissão do SporTV (exceto estado de GO) e pelo Premiere.

FICHA TÉCNICA

Data/Horário: 12/11/2016 (sábado) às 19h30 (de Brasília)

Local: Estádio Olímpico (Goiânia-GO)

Árbitro: Luiz César de Oliveira Magalhães (CE)
Assistentes: Marcione Mardonio da Silva (CE) e Armando Lopes de Sousa (CE)

Atlético: Kléver; Matheus Ribeiro, Marllon, Ricardo Silva e Romário; Bruno Barra, Michel, Magno Cruz, Jorginho e Gilsinho; Alison. Técnico: Marcelo Cabo.

Tupi: Rafael Santos; Henrique, Gabriel Santos, Bruno Costa e Luiz Paulo; Recife, Renan, Jonathan, Sávio (Marcos Serrato) e Hiroshi; Giancarlo. Técnico: Júlio Cirico.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

loading...