Eleição de Trump não gerou impacto negativo no fluxo de dólares no país, diz BC

A eleição de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos não trouxe impactos negativos para os fluxos de dólares no Brasil, avaliou o chefe do Departamento Econômico do Banco Central (BC), Tulio Maciel.

Antes da eleição, entre o dia 1º e o dia 8, o fluxo estava negativo em US$ 1,059 bilhão. Do dia 9 deste mês, até o último dado disponível, na última sexta-feira (18), o saldo da entrada e saída de dólares do país ficou positivo em US$ 3,523 bilhões. O fluxo financeiro ficou positivo em US$ 1,702 bilhão e o comercial, em US$ 1,821 bilhão. “Não tem nenhum impacto negativo sobre o volume de recursos no mercado cambial”, disse Maciel.

Nos dados preliminares deste mês até o dia 18, o fluxo cambial ficou positivo em US$ 2,464 bilhões, com fluxo financeiro negativo em US$ 183 milhões e o comercial positivo em US$ 2,647 bilhões.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

Rápidas

Danilo Boaventura

Danilo Boaventura

É a seção que publica informações exclusivas, de bastidores sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás

Contas Abertas

Rodolfo Torres

Rodolfo Torres

É jornalista, advogado (pós-graduando em Direito Tributário) e autor do livro Bob Fields Forever

Deniza Zucchetti

Deniza Zucchetti

É professora por vocação, quase RI, escritora por amor nas horas vagas e mãe em período integral

Bruno Rodrigues Ferreira

Bruno Rodrigues Ferreira

É jornalista, psicólogo e especialista em Tecnologia e Educação e Gestão em Saúde