76 pessoas morreram em queda de avião da Chapecoense na Colômbia

Seis pessoas foram resgatadas com vida. Comando da Polícia de Antioquia suspendeu buscas

A equipe de resgate colombiana suspendeu a busca por sobreviventes. Chove muito na região onde o avião da Chapecoense caiu e o Comando da Polícia de Antioquia afirma que já não há mais pessoas com vida no local. Seis pessoas foram resgatadas com vida.

Por volta das 02h da manhã, no horário de Medellím, deu entrada no hospital de La Ceja o jogador Alan Ruschel. Segundo o site do jornal El Tiempo, ele chegou em estado de choque e perguntando pela família. Autoridades médicas garantiram que o quadro clínico de Alan é estável.

Os jogadores Jackson Follmann e o zagueiro Neto, além do jornalista brasileiro Rafael Hensen, e outra aeromoça com identidade ainda não conhecida completam a lista de sobreviventes. Além deles, o técnico de aeronaves Erwin Tumiri também foi encontrado com vida.

Alan Ruschel entrando no hospital de La Ceja. (Foto: Reprodução)
Alan Ruschel entrando no hospital de La Ceja. (Foto: Reprodução)

Acidente

A aeronave RJ85, pertencente à empresa Lamia Corporation, voou da cidade de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, e transportava nove tripulantes e 72 passageros. Antes da queda, foi informado que o avião passava por problemas de falha elétrica.

A confirmação da queda do avião veio do Aeroporto Jose María Córdova, que pelo Twitter trouxe as informações sobre o caso.

De acordo com sites locais, o voo deveria chegar a Medellín às 21h33 ( 00h33 horário de Brasília), mas perdeu contato com a torre de controle quando voava sobre o município de La Ceja. A aeronave caiu em Cerro Gordo. Viajavam 72 passageiros e nove tripulantes.

Foto dos destroços do avião estão sendo publicadas pelo site do jornal El Tiempo, da Colômbia. Veja:

Avião estava com 81 pessoas. (Foto: Reprodução)
Avião estava com 81 pessoas. (Foto: Reprodução)
Foto dos destroços do avião foi publicada pelo jornal El Tempo. (Reprodução)
Foto dos destroços do avião foi publicada pelo jornal El Tempo. (Reprodução)
Bandeira da Chapeconse também foi encontrada entre os destroços. (Foto: Reprodução)
Bandeira da Chapeconse também foi encontrada entre os destroços. (Foto: Reprodução)

Um comunicado à imprensa, disparado pelo Aeroporto José María Córdova, detalha que o avião sofreu uma pane elétrica e pediu ajuda. Veja:

Um comunicado à imprensa, disparado pelo Aeroporto José María Córdova, detalha que o avião sofreu uma pane elétrica e pediu ajuda. Veja:

O Atlético Nacional lamentou o acidente e cobrou mais informações das autoridades colombianas.

Estavam no avião os jogadores:

Goleiros: Danilo e Follmann;

Laterais: Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo.

Zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto.

Volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel, Matheus Biteco, Cleber Santana e Arthur Maia.

Atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

Mais detalhes a qualquer momento.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

loading...