Portal 6

Com desligamento do sinal analógico de TV, Anápolis ganhará mais duas rádios FM

Novo prédio da Rádio Imprensa, em Anápolis. (Foto: Divulgação)

Rádio Imprensa apostará no jornalismo para buscar a liderança e a São Francisco quer manter a programação popular para conseguir mais ouvintes na nova frequência

Operando atualmente no AM, as rádios anapolinas Imprensa e São Francisco migrarão de frequência nos próximos meses. A mudança, tecnicamente permitida com o desligamento do sinal analógico de TV, tende a melhorar e ampliar o alcance da transmissão para outras cidades.

Em conversa com a reportagem do Portal 6, a diretora da Rádio Imprensa Lídia Magalhães contou que a emissora prepara muitas novidades para surpreender os ouvintes. Segundo ela, a frequência deverá ser mudada em menos de 60 dias. Com exceção do tradicional Imprensa Livre, todos os outros programas deverão ser mudados com a aposta no jornalismo.

“Ainda não temos os nomes novos, mas todas as programações vão ser mudadas. Exceto o Imprensa Livre, que vamos mudar a cara mas que vai ter o mesmo nome e horário. A radio continua com a segmentação evangélica, mas será totalmente voltada para notícias”, explicou.

Ainda segundo Lídia, a rádio migrará para outro prédio, ao lado da Igreja Assembleia de Deus Madureira, mantenedora da estação. Todos e equipamentos serão mudados para receber a FM. Com a mudança, a emissora espera abocanhar a liderança na audiência. A nova frequência poderá ser sintonizada pelos 104,9 MHz.

“Vamos trocar de prédio, de equipamentos, vai ser tudo novo. Acredito que esse é um novo jeito de fazer rádio. Com a mudança esperamos alcançar o primeiro lugar em audiência. A previsão é que também alcançaremos quase toda Goiânia e até a cidade de Sobradinho”, acrescentou.

Novo prédio da Rádio Imprensa, na avenida Tiradentes, em Anápolis. (Foto: Divulgação)

Já a Rádio São Francisco já havia conseguido autorização para a migrar de banda desde o dia 07 de novembro do ano passado. Na época, a emissora confirmou ter sido a primeira deste segmento na cidade o feito junto ao Ministério das Comunicações para fazer a migração. Relembre.

Para Victor França, diretor executivo da rádio, a expectativa é aumentar pelo menos 30% da audiência e alcançar o raio de 250 km de Anápolis, totalizando cerca de 84 municípios.

Segundo ele, menos sete novos locutores serão contratados para fazer parte da equipe. A migração deverá ser concluída no dia 03 de julho, dia de estreia na nova frequência. A São Francisco apostará no segmento popular para alcançar mais ouvintes. Os ouvintes poderão sintonizar a nova rádio pela frequência 97,7 MHz.

“Depois da mudança a qualidade vai melhorar substancialmente porque a frequência AM é mono e a FM será estéreo. Nossa nova programação vai ser voltada para o popular e os atuais programas de maior audiência vão ser mantidos”, prometeu.

Quer comentar?

Comentários