Portal 6

Polícia prende últimos suspeitos de sequestrar família de gerente do Banco do Brasil em Anápolis

(Foto: Vitor Santana/G1)

Crime aconteceu em fevereiro e só agora a Polícia conseguiu colocar todos atrás das grades

A Polícia Cívil prendeu nesta quarta-feira (31) os dois últimos suspeitos de sequestrarem a família de um gerente do Banco do Brasil, agência da 15 de dezembro, em Anápolis. Na época, o grupo não conseguiu roubar nenhuma quantia em dinheiro.

O crime aconteceu no dia 08 de fevereiro quando o gerente chegava em casa com a esposa e a filha. Os suspeitos Paulo Henrique Ferreira Araújo, de 25 anos, Rafael Wesley Ferreira Silva, de 24 anos, Erick Vinícius de Oliveira Passos, 24, e Wesley Pereira Farias, 24, anunciaram o sequestro e trancaram as vítimas por dez horas.

“De madrugada, o Erick foi para uma estrada de terra em Abadiânia com a mulher e a filha e manteve elas lá, enquanto o restante do grupo foi com o gerente até o banco para sacar o dinheiro dos cofres”, explicou o delegado Alex Vasconcelos, em entrevista ao G1.

A polícia só chegou ao local depois que os vizinhos perceberam a movimentação diferente na casa e ligaram para a central. O delegado ainda informou que quando chegou no local, o gerente contou que a família estava sendo feita de refém e os criminosos estavam esperando do lado de fora da instituição financeira.

“Os criminosos acabaram desistindo de roubar o banco e abandonaram a família no mato”, afirmou Alex.

Wesley e Erick foram presos no mês de março, enquanto Paulo e Rafael só foram localizados ontem. Os quatro responderão por extorsão mediante sequestro e associação criminosa.

Quer comentar?

Comentários