Portal 6

Urban entra na Justiça e consegue o cancelamento da greve do transporte coletivo

(Foto: Reprodução)

Descumprimento da decisão judicial acarretaria em uma multa diária no valor de R$ 10 mil

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Anápolis (SITTRA) enviou nesta quinta-feira (08) ao Portal 6 um comunicado anunciando o cancelamento da greve dos funcionários da Urban, previsto para ser deflagrado na próxima segunda-feira (12).

Conforme o documento, a Urban conseguiu junto ao Tribunal Regional do Trabalho de Goiás (TRT-GO) o deferimento de uma ação de tutela provisória de urgência de caráter antecipatório, que determina que o sindicato se abstenha de iniciar a greve ou, ao menos, garanta 80% do efetivo de funcionários para circulação nos ônibus em horário de pico e 50% no entrepico.

“O que não ocorre dia nenhum, no curso do funcionamento normal do transporte coletivo”, critica o SITRRA.

O descumprimento da decisão judicial acarretaria em uma multa diária no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais) à agremiação sindical.

“Com essa decisão, a greve fica, provisoriamente, inviabilizada, e, portanto, suspensa. Não por nossa vontade, mas sim por determinação da Justiça do Trabalho”, emendam.

Uma reunião conciliatória no TRT-GO com a Urban já é aguardada pelo SITTRA.

“Esperamos que o Desembargador Paulo Pimenta, que a mediará, sensibilize-se com as nossas reivindicações e que consiga a convencer a Urban a melhorar a sua contraproposta de apenas repor a inflação, e nada mais, e, com isso, atender as nossas reivindicações, ao menos parcialmente, pois elas, além de justas, são plenamente viáveis”, concluem no documento, assinado pelo presidente do SITTRA Adair Rodrigues.

Quer comentar?

Comentários