Portal 6

Na mira do MP, obras do Centro de Convenções podem sofrer nova paralisação

Centro de Convenções de Anápolis em construção. (Foto: Reprodução)

Procurador de Contas junto ao TCE-GO vê irregularidades, acreditando que demora na entrega está causando dano ao erário

As obras do Centro de Convenções de Anápolis praticamente nem foram retomada para valer e já passam por suspeição do Ministério Público de Contas junto ao Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE-GO).

Essa informação é capa da versão impressa do jornal O Popular desta quinta-feira (06).

Na reportagem, assinada pelo jornalista Caio Henrique Prado, é dito que o procurador de contas Fernando Santos Carneiro viu irregularidades em serviços contratados e não entregues, além da baixa qualidade do material empregado.

Isso explicaria o atraso descomunal na conclusão da obra, antes prevista para ocorrer em 2014, e a diferença de quase R$ 30 milhões entre o valor orçado inicialmente e o atual, de R$ 139,3 milhões.

Remetida ao conselheiro Edson Ferrari, relator dos casos que envolvam a Agetop (Agência Goiana de Transportes e Obras Públicas), a representação já está na Secretaria de Controle Externo do TCE-GO.

Caso o Tribunal confirme as suspeitas do Ministério Público de Contas uma das primeiras consequências pode ser a paralisação da obra.

Quer comentar?

Comentários