Portal 6

Crianças podem ter sido abusadas sexualmente em clínica clandestina de Anápolis

Crianças resgatadas durante a operação. (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)

Junto com dependentes químicos adultos, elas ficavam em cárcere privado passando fome e frio

A Polícia Civil de Anápolis já investiga denúncias graves contra um centro de reabilitação, instalado clandestinamente na zona rural do município há três meses.

Trata-se da Clínica de Reabilitação Vida, que na noite desta sexta-feira (07) foi surpreendida por uma operação conjunta entre a Polícia Militar e Conselho Tutelar. Cerca de 40 pessoas, entre adultos dependentes químicos e crianças doenças mentais, foram resgatadas no local. Temendo ser preso, o dono da clínica, Roberto Macedo, fugiu.

“[Eles denunciaram] abuso sexual, tortura. Eles relataram que todos os dias, depois do almoço, eles tinham que ser trancados nos quartos. Quando chegamos lá, eles estavam presos mesmos. [O local tinha] banheiro frio, falta de comida e de higiene”, detalhou o conselheiro tutelar Joanan Fernandes à TV Anhanguera.

A operação foi deflagrada a partir de denúncias de pais de quatro menores que conseguiram escapar da clínica.

Carla de Bem, titular da 3ª Delegacia Regional de Anápolis (DRP), comanda as investigações.

Quer comentar?

Comentários