Portal 6

Delegado Waldir é expulso de comissão e chama Governo Temer de lixo

(Foto: Reprodução)

Deputado disse que não aceitou dinheiro para mudar voto contra o presidente, acusado de corrupção

Após ficar sabendo pela imprensa que foi retirado da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Federal, o deputado goiano Delegado Waldir Soares (PR) se mostrou ofendido pela manobra e, aos berros, desabafou chamando o governo Temer de “lixo”.

Vídeos que circulam pelas redes sociais mostram o exato momento em que o parlamentar se exalta por ter perdido o cargo. Segundo Waldir, a saída dele é uma retaliação do Planalto por sinalizar que votaria a favor da denúncia contra o presidente.

“Dois anos e meio nessa comissão como titular e aí eu tomo consciência pela imprensa que eu não presto. Eu não vendo meu voto, não troco por cargos, por emendas. Lixo, lixo de Governo”, protestou.

Denúncia

Ainda segundo o deputado, por acordo o parlamentar, ele teria recebido a proposta de mais de R$ 8 milhões em emendas do governo para mudar seu voto. Proposta rejeitada por ele.

Os outros três deputados que foram retirados pelo PR são Jorginho Mello (SC), Marcelo Delaroli (RJ) e Paulo Freire (SP). No lugar dos três, foram nomeados titulares Bilac Pinto (MG), Laerte Bessa (DF), Magda Mofatto (GO) e Milton Monti (SP).

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.