Portal 6

Sozinhas, irmãs são atacadas e uma delas assassinada em fazenda próximo ao DAIA

Mulher de 30 anos teve a cabeça esmagada e também pode ter sido estuprada

Entre 00h30 e 01h deste sábado (15) as irmãs Susamar Pires e Sheila Marques Pires, de 30 anos, foram atacadas dentro de casa na Fazenda Retiro das Caldas, próximo ao Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIA).

Esfaqueada, Susamar conseguiu correr e pedir socorro aos vizinhos que moram na região. Já Sheila não teve a mesma sorte e foi brutalmente assassinada no local. Quando a polícia a encontrou, ela estava com a cabeça esmagada e com indícios de estupro. Até o momento, não se sabe quem teria feito tamanha barbárie.

Segundo a Polícia Civil, as duas irmãs estavam sozinhas na fazenda. Elas moravam com a mãe e outra irmã, que estavam em viagem pelo Norte do país. Levada para o Hospital de Urgências de Anápolis (HUAna), o estado clínico de Susamar é estável e ela não corre risco de morte.

O início das investigações do crime ainda carecem de definições, conforme disse o delegado Cleiton Lobo, titular do Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Anápolis. Por telefone, ele explicou à reportagem do Portal 6 que o caso pode ser remetido à jurisdição de Silvânia, já que a fazenda onde tudo aconteceu pertence ao município de Leopoldo de Bulhões.

A Delegacia Regional, porém, pode determinar que o GIH fique responsável pelos trabalhos.

Quer comentar?

Comentários