Portal 6

Resumo Chiquititas – Segunda 17/07/2017

17 de julho – Armando diz que ele não escreveu nenhum bilhete para Clarita. Roberto Leal se encontra com Tobias e Beto no Café Boutique, diz que teve conhecimento de toda a história por trás de Tomás Feraz e que decidiu perdoar o restante da divida pelo uso indevido da canção ‘A Festa Ainda Pode Ser Bonita’. Roberto diz que acha que Tobias devia continuar com o Tomás Ferraz. JP ensina Mili a tocar violão. Carmen altera o testamento e apaga toda citação feita a Mili. Valentina avisa que o estado de saúde de José Ricardo piorou e os médicos pediram para eles irem ao hospital. Valentina vai ao orfanato e avisa sobre o estado delicado de saúde de José Ricardo e pergunta se as Chiquititas não querem ir ao hospital como gesto de carinho e gratidão com José Ricardo.

Mili e Pata prontamente avisam que querem ir. Junior, que está como escravo e prisioneiro de um grupo na floresta Amazônica descobre através de um antigo refém do local que o acidente aéreo não foi acidente. Clarita continua ansiosa para saber quem está lhe enviando cartas amorosas secretas. Érica diz que só Clarita não reparou que quem envia os bilhetes é Francis. Clarita estranha e diz que eles são apenas amigos. Mili, Pata e Cris vão até o hospital desejar melhoras para José Ricardo. Emocionado, José Ricardo pede que Mili se aproxime e, com muita dificuldade, diz apenas uma palavra para ela: “Perdão”. Mili se emociona e ninguém entende. Samuca lança mais um invento seu, desta vez para ajudar Dani. Trata-se de um dispositivo para que Dani possa chamar Ernestina, que na verdade é Matilde, sempre que precisar.

Francis assume para Clarita que está apaixonado por ela há um bom tempo e que ele é o autor dos bilhetes. Carmen entra no quarto de José Ricardo – no hospital – e consegue que ele assine o falso testamento que beneficia apenas Carmen. Valentina chega, mas não a tempo de interromper a assinatura. A governanta não desconfia de nada, mas estranha a atitude de Carmen, que alegou serem documentos do Café Boutique. Junior tenta pensar em algum jeito de sair do cativeiro na floresta Amazônica. Na mansão dos Almeida Campos, Valentina decide mexer nos papeis que Carmen levou pra José Ricardo assinar e descobre que se trata de um testamento alterado, que tira a herança que seria deixada para Mili. Carmen aparece. As duas discutem e Valentina diz que não é pra Carmen chegar perto de sua neta, Mili. Thiago e Binho estão na cozinha comendo bolo durante a noite. Samuca aparece sonâmbulo. Os meninos vão atrás dele e ficam assustados. Na manhã seguinte os meninos contam para Tati e Ana sobre o sonambulismo de Samuca. Mili está na casa de JP, os dois conversam e o garoto diz que após a última conversa ele se sentiu inspirado e compôs uma canção. JP canta para Mili. Junior tenta ajudar um garoto que também é mantido refém e com trabalho escravo – Trata-se da estreia do personagem Neco, mas é impedido pelos capangas.

Quer comentar?

Comentários