Portal 6

Resumo Escrava Isaura – Sexta 21/07/2017

21 de julho – O senhor Chico encontra Belchior e ameaça-o com uma arma, mas foge com a chegada da milícia à fazenda. O Comandante prende Belchior que continua a negar saber de alguma coisa, sobre a morte de Leôncio. O Coronel Cunha sente-se incomodado com a presença de Serafina e Flor de Lis na igreja. As noivas chegam e o sacerdote dá início à cerimónia. O Padre celebra a cerimônia de casamento de Sebastião e Gioconda, Henrique e Aurora e de Diogo com Helena. Na prisão Álvaro tenta em vão, fazer com que o senhor Belchior lhe conte quem matou Leôncio. André e tio João vão para a festa, avisar Isaura que o senhor Belchior está preso. Os três casais de noivos comemoram o casamento, com uma bonita festa na casa do Coronel Sebastião Cunha. Rosa cumpre o que prometeu e faz um escândalo diante de todos os convidados e o Coronel enfurecido expulsa-a da festa. Gioconda pede, como presente de casamento, ao seu marido Sebastião Cunha, que venda Rosa a Isaura. Rosa decepcionada com a atitude do seu pai chora, mas logo é surpreendida pela notícia de que Isaura lhe dará a sua tão sonhada carta de alforria. Isaura vai até à prisão, conversa com Belchior e tenta convencê-lo a contar o que sabe. Tomásia recebe de Miguel, um bebê que foi deixado na roda dos enjeitados e como homenagem ao Conde, que lhe deixou toda a sua fortuna, pede a Miguel que a criança receba o nome de seu falecido marido.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.