Portal 6

Resumo Escrava Isaura – Segunda 24/07/2017

24 de julho – Isaura vai até à prisão, conversa com Belchior e tenta convencê-lo a contar o que sabe. Tomásia recebe de Miguel, um bebê que foi deixado na roda dos enjeitados e como homenagem ao Conde, que lhe deixou toda a sua fortuna, pede a Miguel que a criança receba o nome de seu falecido marido. O Coronel Sebastião Cunha pede perdão a Rosa e pede que ela tome conta de sua fazenda, enquanto viaja com Gioconda em lua de mel. A Guarda Nacional propõe um acordo aos quilombolas, mas eles não aceitam. No tribunal Serafina aguarda o início da sessão, acompanhada de Margarida e Flor de Lis. Durante o julgamento todas as testemunhas, são chamadas para depor. Diante do sofrimento de Isaura, Belchior resolve contar toda a verdade sobre a morte de Leôncio. Francisco é o verdadeiro assassino. Serafina desespera-se ao perceber que o senhor Chico, está na posse das sua jóias roubadas por Leôncio. O Juiz dá ordem de prisão ao senhor Francisco, por roubo e assassinato. Isaura e Álvaro casam-se. Tomásia e Miguel adotam várias crianças. Sebastião e Gioconda, Henrique e Aurora partem em lua de mel para a Europa, deixando Rosa com a fazenda. Diogo e Helena vão para Petrópolis. Geraldo e Malvina começam uma nova vida em São Paulo. Branca continua internada no sanatório, completamente demente. Estela descobre que o seu marido está vivo e casou-se com uma índia. O senhor Chico será enforcado. Rosa desespera-se ao saber que André vai deixa-la, para viver como chefe do quilombo. Nasce o filho de Leôncio e Branca. É proclamada a abolição da escravatura. Isaura e Álvaro vivem felizes com os seus filhos, netos e bisnetos.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook





Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.