Portal 6

Cruzeiro x Palmeiras ao vivo – Veja onde assistir

Cruzeiro e Palmeiras decidem uma vaga nas semi finais da Copa do Brasil nessa quarta-feira e se enfrentam às 21h45 no Mineirão em partida que promete emoções.

No primeiro confronto o Cruzeiro chegou a abrir 3 a 0 no placar, porém viu a equipe da casa reagir e empatar o jogo. Agora, o time mineiro tem a vantagem de jogar  pelo empate de até dois gols por ter feito três no campo adversário, ou seja, o time celeste inicia a partida classificado. Porém o objetivo é assegurar a vaga com uma vitória.

O técnico Mano Menezes poderá contar com aquilo que tem de melhor. A única dúvida era sobre a presença de Thiago Neves. Porém o meia treinou normalmente e vai para a partida, assim como todos os outros considerados titulares.

O Palmeiras precisará da vitória a qualquer custo para sair de Belo Horizonte com a vaga. Por ter sofrido três gols em casa, qualquer igualdade é desfavorável ao time paulista. Dessa forma não resta outra alternativa senão jogar pela vitória. O 1 a 0 já é suficiente para classificar o Verdão

Em relação ao time que venceu o Sport, o Palmeiras deverá ter diversas mudanças. Mayke, Luan, Juninho, Bruno Henrique e Deyverson, titulares contra o Leão, não estão inscritos na Copa do Brasil. Em compensação, Dudu, Michel Bastos, Tchê Tchê e Borja, que estavam suspensos, estão de volta ao time. Além deles, Felipe Melo, Guerra e Fabiano, poupados nas últimas duas partidas, também ficam à disposição.

O confronto tem início às 21h45 e poderá ser acompanhado através da Globo (MG – exceto Juiz de Fora) e do SporTV.

FICHA TÉCNICA

Data/Horário: 26/07/2017 (quarta-feira) às 21h45

Local: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)

Assistentes: Bruno Raphael Pires Cristhian Passos Sorence (FIFA-GO)

CRUZEIRO: Fábio; Romero (Ezequiel), Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Lucas Silva e Ariel cabral; Thiago Neves; Rafael Sobis e Alisson. Técnico: Mano Menezes

PALMEIRAS: Jailson; Jean, Yerry Mina, Edu Dracena e Egídio (Michel Bastos); Felipe Melo e Tchê Tchê; Róger Guedes, Guerra e Dudu; Miguel Borja (Fabiano). Técnico: Cuca

Quer comentar?

Comentários