Portal 6

Anápolis é alvo de operação do MP para desarticular quadrilha

Foram presos empresários, um servidor de Acreúna e outros articuladores do esquema. Empresas envolvidas atuam em mais de 30 municípios goianos

O Ministério Público de Goiás, em parceria com as Polícias Civil e Militar, cumpre na manhã desta sexta-feira (28) sete de nove mandados de prisão dentro da Operação Escola Régia, deflagrada em Anápolis e Acreúna.

A operação é comandada pelo promotor Sandro Halfeld Barros, titular da 1ª Promotoria de Acreúna, com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e do Centro de Inteligência do MP. Oito promotores de Justiça e quatro delegados de polícia participam da operação.

Nas duas cidades também foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, sendo um deles na prefeitura de Acreúna. Foram presos empresários, um servidor municipal de Acreúna e outros articuladores do esquema. As empresas envolvidas atuam em mais de 30 municípios goianos, tendo sido comprovavas fraudes em Acreúna e Montividiu.

Foram decretadas prisões preventivas dos investigados pelos crimes de fraude em licitação, associação criminosa e falsidade ideológica. As investigações prosseguem para cumprimento dos dois mandados de prisão que estão abertos e apurar possíveis crimes em outros municípios.

Mais informações a qualquer momento.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.