Portal 6

Ainda é possível tirar carteira de motorista em Anápolis por menos de R$ 1500

(Foto: Claudiomir Gonçalves)

Se você tem mais de 18 anos, com certeza já pensou em correr atrás dessa necessidade

Uma das principais metas de um jovem ao fazer 18 anos é tirar a tão sonhada CNH (Carteira Nacional de Habilitação), mas com as recentes mudanças no processo o preço subiu bastante e não está mais tão barato se tornar um motorista habilitado.

Porém, como dirigir é uma necessidade, a melhor coisa a se fazer é se inteirar sobre os preços cobrados pelas autoescolas e Detran (Departamento Estadual de Trânsito de Goiás). O Te Amo Anápolis fez uma levantamento junto ao órgão de trânsito e mostra para você ir se programando emocional e financeiramente. Vamos lá?

Preço

O preço do processo, incluindo todas as taxas variam entre R$ 1350 e R$ 1500 para os que querem dirigir apenas automóvel. Já para os que querem habilitação para carro e moto o investimento varia entre R$ 1750 a R$ 1950. Todos esses valores não contam os R$ 100 do exame psicotécnico e os R$ 90 do exame médico.

É possível dar entrada no processo por conta própria no site do Detran. Porém, em algum momento, você terá que procurar uma autoescola. Como a maioria das pessoas preferem comodidade, já optam por fazer tudo diretamente no centro de formação de condutores.

Os valores apresentados contam apenas com às  20h exigidas pela legislação. Caso seja necessário mais aulas, o custo final sempre aumenta. Outro ponto ruim é que em caso de reprovação, o reteste também é pago.

A boa notícia é que a maioria das autoescolas costumam parcelar o valor total do processo em até dez vezes.

Para dar entrada no processo você precisa ser maior de 18 anos e solicitar o pré-cadastro da CNH através do site do Detran ou na autoescola.

É preciso apresentar cópias de carteira de identidade ou equivalente válida, CPF e comprovante de endereço.

O primeiro passo é o cadastro e apresentação dos documentos. Depois de liberado pelo Detran é hora de passar pelos exames psicotécnico e médico. Se aprovado, o próximo passo é iniciar as aulas teóricas e fazer a prova – que agora é realizada no próprio Detran, de maneira eletrônica.

Com a aprovação nessa fase, o candidato fica apto a fazer as aulas no simulador e as de direção. Somente após todo esse protocolo é possível realizar a prova de direção. Se tudo der certo, o candidato receberá em até 60 dias a habilitação provisória, que tem validade de apenas um ano.

Conteúdo originalmente publicado no guia Te Amo Anápolis.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.