Portal 6

Mãe acredita que filho matou colega adolescente em Goiânia porque sofria bullying

Mulher disse que o filho é muito alto para a idade e que desde o ano passado vinha sendo caçoado na escola

O bullying pode ter sido a motivação para o adolescente de 13 anos, de Goiânia, ter matado a facadas a vizinha e colega de escola Tamires de Paula, de 14 anos, na tarde da última quarta-feira (23).

Essa suspeita foi levantada hoje (24) pela mãe do infrator, em entrevista à RecordTV Goiás.

A mulher disse que o filho é muito alto para a idade e que desde o ano passado vinha sendo caçoado por ter esta condição. Até o momento, ela não foi autorizada a vê-lo na Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (Depai) de Goiânia.

À psicóloga que o atendeu o garoto confessou que há um mês carregava a arma branca para a escola. Para a polícia ele já havia dito que planejava matar mais duas garotas da escola.

Por enquanto, por decisão judicial, ele ficará internado provisoriamente por 45 dias no Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE) de Goiânia.

Tamires de Paula foi enterrada nesta tarde, na cidade de Pires do Rio, no Sudoeste goiano.

Quer comentar?

Comentários