Portal 6

Preso de Anápolis faz “chucho” e juiz aumenta pena dele em mais dois meses

Decisão é inédita. Antes desta sentença detentos só recebiam punições administrativas

O juiz Mateus Milhomem de Sousa, do 1º Juizado Especial Criminal de Anápolis, aumentou em mais dois meses a pena de João Ricardo Rodrigues Lino, reeducando do presídio de Anápolis, por esconder na cela dele um “chucho”, arma artesanal produzida pelo próprio detento.

O objeto foi feito a partir de uma barra de ferro retirada da parede da cela. João Ricardo disse que fez o instrumento para se defender de “guerras” que acontecem dentro da unidade.

Por se tratar de uma situação comum dentro das prisões, o juiz frisou que é importante responsabilizar penalmente esses indivíduos para que o porte desses materiais sejam evitados e não coloque em risco a vida de outros detentos e agentes carcerários.

Pela primeira vez uma sentença assim foi aplicada. Na denúncia, o magistrado precisou levar o processo à Procuradoria Geral de Justiça para que a ação não fosse arquivada. Acesse a sentença na íntegra.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.