Portal 6

Justiça deixa ex-diretor do presídio de Anápolis ficar em casa, mas com tornozeleira eletrônica

(Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)

Preso na Operação Regalia, ele deixava detentos irem à festas, bancos e usufruir de motel

O ex-diretor do presídio de Anápolis Fábio de Oliveira Santos recebeu autorização da Justiça para cumprir pena domiciliar com tornozeleira eletrônica. A informação foi divulgada pela Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap), na tarde desta terça-feira (05).

Fábio poderá sair durante o dia, mas obrigatoriamente todas as noites terá de permanecer em casa para não interferir nas investigações. Ele deixou a Casa de Prisão Provisória (CPP) de Aparecida de Goiânia, na última sexta-feira (1º).

Preso durante a Operação Regalia, deflagrada pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO) e pela Polícia Civil no dia 21 de novembro, o ex-diretor foi detido sob a acusação de fazer parte de uma quadrilha que cobrava para que os presos ganhassem benefícios. Entre as regalias, os detentos tinham direito até a um quarto de motel e uma lista de mulheres. Relembre.

Junto com Fábio, também foram detidos em caráter temporário o supervisor do presídio, um agente e duas mulheres de presos.

Durante o mandado de busca, os policiais também encontraram na sala do ex-diretor um caderno de registro de pagamentos dos presos e até cartões. Já nas celas, foram apreendidos celulares, armas, balanças de precisão, drogas e cerca de R$ 30 mil em espécie.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook





Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.