Portal 6

Discurso de Bolsonaro em Anápolis teve ataques a negros, mulheres e sem terra

(Foto: Rafaella Soares)

Segundo o 4º Batalhão da Polícia Militar, cerca de 250 pessoas acompanharam o ato

Em visita à Anápolis para participar da formatura dos alunos de 3º ano de um colégio militar da cidade, o deputado federal e presidenciável Jair Bolsonaro (PSC) foi recepcionado por fãs e apoiadores na Praça Dom Emanuel, no bairro Jundiaí. Segundo o 4º Batalhão da Polícia Militar, cerca de 250 pessoas estiveram presentes.

Do alto de um trio elétrico alugado pelo movimento “Direita Goiás”, o deputado defendeu o uso de armas de fogo pela população e a exploração de minérios como nióbio e grafeno. Mas também atacou, além do MST, as leis existentes que beneficiam negros e mulheres.

Fãs de Bolsonaro estendem faixa a favor de candidatura em 2018. Ao fundo aglomeração ouvindo discurso do parlamentar. (Foto: Rafaella Soares)

Segundo Bolsonaro, o diploma universitário de formandos negros que entraram na universidade por cotas ‘não vale de nada’.

“Não adianta essa historinha de cotas. Como um pedaço de papel na parede resolvesse a situação de uma pessoa?”, questionou.

(Foto: Rafaella Soares)

Sobre a lei que tornou o assassinato de mulheres no Brasil um crime hediondo, o deputado disse que melhor seriam dar a elas uma arma de alta potência.

“Tem aquela demagogia de fazer lei pra defender mulher. Tem lá o crime do feminicídio. Qual a diferença se matarem o nosso pai ou a nossa mãe? Para defender a mulher vocês preferem ter na bolsa a lei do feminicídio ou uma pistola ponto 40?”, falou.

(Foto: Rafaella Soares)

Salientando que Goiás é um dos maiores produtores agrícolas do Brasil, o parlamentar defendeu tipificar a invasão de propriedades privadas por parte de movimentos sem terra como sendo terrorismo.

“Virou festa a invasão de propriedades. O MST tem de ter tipificado as suas ações como terrorismo. Invadiu? Fogo neles!”, completou.

(Foto: Rafaella Soares)

Recorrendo ao bordão “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”, Bolsonaro encerrou o discurso ao som de “Mito” por parte da plateia, que seguiu o trio elétrico em carreata até o Estádio Jonas Duarte, na Avenida Brasil.

O Portal 6 transmitiu ao vivo o ato no Facebook. Assista ao registro do discurso logo abaixo:

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook





Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.