Portal 6

Adolescente confessa que deixou Goiás para roubar celulares em outros estados

Pesquisou em quais cidades do Brasil havia baixo índice de e andou viajou 1.600 km para chegar ao “destino ideal”

Um caso curioso está chamando atenção nas redes sociais. Se trata de um jovem goiano, de 16 anos, que viajou mais de 1.600 km apenas para roubar celulares em shoppings de Vila Velha, no Espirito Santo, porque nas cidades de Goiás já existem muitos roubos.

Preso na noite desta segunda-feira (29), o rapaz disse à polícia que ele e um amigo foram para a cidade após pesquisarem quais cidades tinham índices menores de roubo.

“Goiânia e Brasília já não tem como mais fazer. São Paulo está com muita queixa de roubo, Rio de Janeiro também, Bahia. A gente vê no jornal, pesquisa na internet”, relata em um registro feito pelos agentes da Guarda Municipal.

Juntos, ele e o amigo já estavam na cidade há três dias e, antes das viagens, pesquisavam quais locais tinham um custo de vida mais baixo, pois os destinos precisavam compensar o valor arrecado com os crimes.

“A gente vê no mapa e, se a gente quisesse ter viajado para a Bahia, a gente teria ido para lá. O que vale é o custo da viagem. Tem que valer a pena. Combustível é caro, hospedagem, comida”, explicou.

O menor foi encontrado dentro de uma loja de departamentos por volta das 23h. No entanto, relatou aos agentes que chegou no local às 20h e decidiu esperar até que todos fossem embora pois achava que o sistema de segurança era “fraco”.

Após sair algemado do shopping, ele foi encaminhado para o Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Vila Velha. Ao G1, a polícia informou que ele será enviado de volta para a casa da família. Já o outro jovem não foi encontrado.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook