Portal 6

Supervisor do Ciretran Anápolis é detido após descoberta de esquema de propinas

Operação, que contou com participação de mais de 70 policiais, é desdobramento da Intraneus III, que prendeu servidores do órgão que fraudavam transferência até de carros roubados

Foi deflagrada no início da manhã desta terça-feira (30), pela Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (Derfrva), em Anápolis, a Operação Orbitário, para cumprir  sete mandados de prisão e nove de busca e apreensão contra despachantes e servidores de Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans).

Segundo a Polícia Civil, mais de sessenta policiais foram envolvidos nesta ação. Durante as diligências uma pistola de calibre 380 na residência de um despachante. Ele foi autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo.

A investigação da  Derfrva descobriu que servidores dos Ciretran de Anápolis realizavam a transferência de propriedade de veículos e outros procedimentos de forma irregular, mediante pagamento de propina por parte de despachantes, forçando vistorias em outras unidades do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

A ousadia no esquema era tanta, que um supervisor do Ciretran de Anápolis, Vandeir Fabio, queria montar uma ‘sucursal móvel’ para um despachante realizar atividades ilícitas no estacionamento, incluindo o uso da internet e impressora do órgão.

Já afastado do cargo na Operação Intraneus III (deflagrada em 21 de dezembro do ano passado), nesta operação ele foi detido.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook