Portal 6

Desaba parte do viaduto do eixão sul de Brasília

(Foto: Reprodução)

Governador do DF admitiu que não houve manutenção no ponto onde aconteceu o acidente

Uma parte de um viaduto da principal via de Brasília – o Eixão Sul – desabou no início da tarde desta terça-feira (06).

O desabamento atingiu parcialmente um restaurante. O local é usado como estacionamento pelas pessoas que trabalham em prédios próximos.

Não há, até o momento, informações sobre vítimas.

No último domingo (04), um outro desabamento ocorreu na garagem de um prédio localizado na 210 Norte, em meio às chuvas intensas que tem atingido a cidade.

A parte do viaduto que desabou é toda faixa da pista no sentido Asa Norte. Neste momento, o eixo rodoviário está interditado ao tráfego.

Em 2013, uma auditoria do Tribunal de Contas do Distrito Federal detectou fragilidades em diversos monumentos de Brasília, entre elas o viaduto. Na oportunidade, a equipe de vistoria recomendou que a obra fosse reformada.

O governador do Distrito Federal Rodrigo Rollemberg, esteve no local do acidente. Segundo ele, o governo centrará esforços na recuperação da área.

“Estamos avaliando o que fazer para recuperar o viaduto. Todos os órgãos de governo que podem contribuir estão aqui”, disse Rollemberg, referindo-se à Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) e a secretarias de governo.

Perguntado se o governo está fiscalizando adequadamente as estruturas de prédios e vias da capital federal, o governador admitiu que, apesar de áreas próximas ao desabamento terem passado por reforma, não houve manutenção no ponto onde aconteceu o acidente. “Brasília é uma cidade que está envelhecendo. Estamos fazendo obras mas, infelizmente, essa é uma área onde não foi feita manutenção”.

Quer comentar?

Comentários